» » » Planos de Incentivos – Parte III – Visão do Profissional

Planos de Incentivos – Parte III – Visão do Profissional

post-planoincentivo-parte3Os planos de incentivos devem atender à expectativa de quem participa e ser algo extremamente motivador.

Os funcionários de hoje são diferentes dos funcionários de gerações anteriores. São mais exigentes, mais céticos, e bem mais individualistas. É uma geração dedicada a si mesma e com muitas expectativas. O trabalho continua sendo importante, porém não é mais prioritário. Qualidade de vida, família e benefícios tornaram-se fatores notadamente bem mais relevantes na realização profissional.

O que deve se pensar antes de aplicar qualquer plano de incentivo:

  • Você conhece muito bem sua equipe?
    Suas potencialidades e suas fraquezas.
    Para que as ações possam ter destino certo e principalmente, produzam efeitos positivos, é essencial esse conhecimento. É um trabalho de persistência cujos resultados serão alcançados em médio e longo prazo.
  • Sabe como superar resultados?
    Foco na empresa.
    A superação de resultados é uma constância. Seu acompanhamento são números frios e que exigem controles corretos, simples e constantes. Seus resultados são bem mais objetivos em relação à ação a ser aplicada. Essa superação, serve como agente motivador.
  • Reconhecimento profissional
    Foco no funcionário.
    O reconhecimento profissional exige maior envolvimento de toda empresa, pois não é uma ação fria como números. O fator humano é o maior responsável para o sucesso de qualquer ação.

Atenção ao significado de algumas palavras dentro de um plano de incentivo. O impacto delas pode ser maior do que você supõe:

 

Bem elaborado, mensurado e aplicado, o plano de incentivo representa um custo insignificante para as organizações, pois os investimentos em prêmios só ocorrem quando as metas e os resultados propostos são efetivamente atingidos, porque o sucesso de uma campanha está sempre amarrado à geração de resultados qualitativos e quantitativos, ou ainda, à cobrança de responsabilidades, ao feedback e a competição interna.

Os planos de incentivos, por meio de grandes projetos ou pequenas ações, são fundamentais nas organizações.  Pense nisso!

Deixe uma resposta